Causas, sintomas e tratamento da insônia. Abordamos todos os tipos de insônia, como insônia aguda, crônica, insônia primária e secundária, insônia leve, moderada ou grave. Tratamentos naturais, médicos e alternativos.


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Tratamento não famacológico da insônia

Os objetivos dos tratamentos não farmacológicos da insônia são modificar situações e pensamentos que mantenham a insônia; modificar os hábitos inadequados com relação ao sono; reduzir o despertar autonômico e cognitivo; alterar crenças e atitudes sobre o sono; e educar os pacientes sobre práticas saudáveis para o sono.
Os tratamentos não farmacológicos da insônia são realizados por terapeutas especializados e se baseiam, principalmente, em instruções e orientações. São elas:
  1. instruções de higiene do sono com incorporação de hábitos adequados a promoção do sono;
  2. instruções de controle de estímulos para eliminação ou substituição de comportamentos que possam prejudicar o sono;
  3. restrição de sono, que consiste em encurtar o tempo na cama ao tempo total de sono que o paciente estima ter efetivamente por noite;
  4. terapia comportamental multicomponente, que se baseia em "distrair" e desviar a atenção do paciente para o que lhe impede de dormir. O trabalho é feito no sentido de fazer o paciente lidar com o problema, de modo que ele não lhe pareça uma catástrofe, substituindo conceitos e hábitos disfuncionais por outros mais apropriados;
  5. relaxamento e relaxamento monitorizado, cujo objetivo é a redução do tônus simpático;
  6. orientação terapêutica com o objetivo de reduzir a atividade mental noturna intensa que leva a frustração.
Os tratamentos não farmacológicos são realizados por profissionais especializados, duram entre quatro e oito sessões, em geral uma sessão por semana, e requerem motivação do paciente.
Índice dos artigos relativos a Insônia

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL